Módulo CAJAMAR

O CONHECIMENTO SÓCIO-AMBIENTAL LOCAL COMO ESTRATÉGIA DE VALORIZAÇÃO DO LUGAR:  PROJETO GEO-ESCOLA EM CAJAMAR, SP.

DISSERTAÇÃO DE MESTRADO APRESENTADA AO INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS DA UNICAMP PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE MESTRA EM ENSINO E HISTÓRIA DE CIÊNCIAS DA TERRA.

ALINE TROMBINI FERREIRA LIMA, 2013.

A pesquisa busca discutir a importância do (re)conhecimento do local, mediante uma abordagem de temas geocientíficos, em contexto socioambiental, como estratégia para transformar a relação dos estudantes com o lugar em que vivem. A pesquisa focaliza especificamente o município de Cajamar, situado na região metropolitana de São Paulo, que apresenta aparente relação de não pertencimento e desvalorização por muitos jovens estudantes. Ao se investigar a complexa relação que eles mantêm com a cidade,
produziu-se e aplicou-se um projeto de educação socioambiental com ênfase em Geociências, na disciplina Geografia, submetido a alunos do Ensino Médio.

A pesquisa parte da hipótese inicial de que a contribuição das Geociências pode ser feita desde a vizinhança mais imediata do estudante, e pode ser essencial para formar pessoas comprometidas com o próximo e com o planeta. A concepção e o desenvolvimento do projeto educacional, com suporte em computador, compõem um módulo do Projeto Geo-Escola, cuja finalidade é produzir material de apoio didático em ambiente virtual que ajuda a disseminar conceitos e conteúdos de Geociências com ênfase em aspectos regionais e locais. Procurou-se atribuir e recuperar valores objetivos e subjetivos, a partir da ênfase no conhecimento local.

A aplicação da unidade de ensino foi feita junto a aproximadamente 80 alunos da única escola participante (ETEC Gino Rezaghi). Os trabalhos envolveram atividades em salas de aula e uma visita de campo. Dois aspectos específicos de Cajamar acabaram sendo amplamente tratados: a importância da mineração de calcário para o desenvolvimento socioeconômico da região e do município, e o problema do chamado “Buraco de Cajamar”, uma dolina cujo colapso ocorrera em 12 de agosto de 1986, no bairro Lavrinhas. Foram abordadas tanto as causas do fenômeno como as consequências para a população residente no local.

Investigou-se tanto a adequação quanto a pertinência dessa estratégia para induzir nova relação entre os estudantes e o lugar onde vivem. O material de apoio didático e os resultados do projeto foram disponibilizados, via web, para a comunidade escolar desse e de outros municípios. A principal conclusão é a de que, ao se elaborar propostas de desenvolvimento de ações locais, as Geociências exercem papel relevante, como meio de se construir estratégias de valorização do lugar perante a comunidade escolar, na condição de um exercício de cidadania em busca da transformação da realidade socioambiental.

ACESSE O PDF COMPLETO:

GeoEscola Cajamar – Aline – 2013

Cajamar

Figura1 Cajamar Grande SP

 

Figura2 Cajamar municipios.png


Resumo – A pesquisa busca discutir a importância do conhecimento do ambiente local como estratégia de valorização do lugar. O objeto de investigação são estudantes de ensino médio da cidade de Cajamar, região metropolitana de São Paulo, que se mostram descontentes, e com acentuado desinteresse pela história da cidade e sua realidade ambiental. O sentimento de não pertencimento pela população local, principalmente os jovens, deve-se em parte a um acidente geológico ocorrido em meados dos anos 1980: o Buraco de Cajamar. O projeto busca esclarecer as causas desse quadro e de algumas questões relacionadas. Para isso pretende-se desenvolver um módulo escolar de educação ambiental com ênfase em Geociências, o Projeto Geo-Escola. Deve-se avaliar se um exercício de cidadania e desenvolvimento de ações locais frente aos problemas estudados ajudará a firmar nova relação entre a população e o lugar, construir estratégias de revalorização pela comunidade e contribuir para transformar a realidade ambiental.

ACESSE O PDF COMPLETO:

EnsinoGEO_Aline Trombini_12_8